Exame de varizes no Rio de Janeiro

Posted on

Inicialmente, o médico irá falar com o doente, procurando estabelecer uma causa, e realizar um exame físico, que poderá incluir a medição dos membros afectados.

é um exame diagnóstico que gera imagens das estruturas internas do organismo a fim de ajudar o médico em seu diagnóstico. Confira abaixo os exames e tipos de tratamentos das varizes que nós oferecemos: Você pode fazer um pré-agendamento da consulta com um angiologista e cirurgião vascular através do nosso site. O sangue passa, então, a refluir, o que provoca mais dilatação e refluxo, levando à formação de varizes. Nosso sangue é transportado por dois tipos de vasos: artérias e veias. O sangue chega às pernas pelas artérias e sobe de volta ao coração pelas veias. Este é o mecanismo básico das varizes, veias doentes que tornam-se dilatadas e tortuosas por incapacidade de escoar o sangue em direção ao coração. Como já explicado, as varizes surgem quando ocorre um represamento do sangue nas veias, em geral, por incompetência das válvulas venosas. 2) Varizes O surgimento das varizes indica que a dificuldade em retornar o sangue já atingiu veias maiores. 4) Alterações da pele Além do edema, a retenção de sangue dos membros inferiores pode causar alteração de coloração da pele, deixando-a mais escura e arroxeada.

Se algum médico indicou uma cirurgia de varizes para você, não se assuste, é muito mais simples do que você imagina!

  • Eco-Doppler cardíaco - efetuado por cardiologistas, permite complementar o estudo de Ecocardiografia, com a avaliação do fluxo intracardíaco, importante sobretudo nas doenças valvulares.

– Cirurgia para varizes: consiste na retirada cirúrgica da veia varicosa.

Independente da técnica, a destruição ou retirada da veia varicosa não traz nenhum problema para as pernas, uma vez que a veia tratada já não funcionava direito mesmo. Este exame ainda permite fazer uma simulação do resultado cirúrgico com o uso do garrote em veias que se tornaram varizes. O caminho de retorno do sangue ao coração começa a ser feito com dificuldade. Esta dificuldade do sangue venoso dos membros inferiores retornar ao coração ocasiona varizes e é agravada por elas. Na maioria das vezes, o diagnóstico de varizes pode ser feito apenas com o exame clínico, visualizando as veias superficiais varicosas. Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail: O Doppler venoso de membros inferiores (MMII) avalia as veias que drenam o sangue das pernas. (imagem: vascularclinica) Na clínica vascular, os exames complementares possuem extrema importância, pois auxiliam no diagnóstico e tratamento das doenças. Os exames e estas manobras poderiam sugerir se as varizes seriam primárias ou secundárias, por exemplo, de uma trombose do sistema venoso profundo, o que modificaria o tratamento das mesmas. Este exame baseia-se no efeito Doppler obtido pela circulação sanguínea nos vasos dos membros inferiores, mostrados pelo ultrassom.

Existem quantos tipos de varizes?

  • Eco-Doppler visceral - permite avaliar diferentes orgãos abdominais, podendo ser dirigido ao fígado (Doppler hepático) ou aos vasos renais ou dos rins (Doppler renal).

Os autores referem as possibilidades do exame ecodoppler venoso com cor no estudo das varizes dos membros inferiores.

Evite portanto,  retardar o seu exame médico vascular. O ecodopler colorido, apesar de ser um exame minimamente invasivo, auxilia no diagnóstico das varizes pélvicas, mostrando veias dilatadas na região dos ovários, do útero e do colo do útero¹. No caso das varizes pélvicas, todo cuidado é pouco, uma vez que as veias na região da pelve têm como função conduzir o sangue ao coração¹. Eco color Doppler: Exame dinâmico, examinador e aparelho-dependente, que associa a imagem anatômica dos vasos (ultrassom) à hemodinâmica do sangue (Doppler colorido). Tomografia Computadorizada: Exame que envolve elevado grau de radiação ionizante, obtendo imagens com perfeição que são reconstruídas depois de adquiridas. O exame das artérias detecta a presença de placas de gordura, trombos, obstruções e outras lesões. Este exame permite visualizar a movimentação do sangue no sistema venoso. As varizes são causadas pelo mau funcionamento das veias das pernas, que habitualmente transportam o sangue em direcção ao coração. Quando estas deixam de funcionar, as veias ficam incompetentes e o sangue reflui para as pernas, provocando o aparecimento de varizes.

  • Estimular o repouso com elevação dos membros
  • Exercício físico adequado
  • Compressão elástica
  • Controlo do peso
  • Evitar exposição prolongada ao sol

Desta forma com o estudo de Doppler venoso colorido dos membros inferiores o cirurgião vascular/angiologista pode programar exatamente qual veia ele vai tratar .

Com essa obstrução, o sangue volta a fluir por outras veias saudáveis sumindo com o aspecto das varizes e vasinhos. Antes de indicar o este tratamento o médico deverá fazer uma avaliação com equipamentos adequados e analisar se este tratamento é o mais indicado para o seu caso. O diagnóstico da doença venosa crónica é essencialmente clínico, feito com base na história clínica e no exame físico. Por exemplo: O diagnóstico é feito pelo exame clínico e pelo uso de meios complementares de diagnóstico - Fluxometria doppler e ecodoppler. Mesmo que as varizes não te incomodem esteticamente, é preciso buscar um médico e realizar exames de imagem para encontrar a causa do problema. O eco-Doppler é um exame de imagem que visa estudar as artérias ou veias. Este exame serve para auxiliar o médico no diagnóstico de várias patologias (doenças) de diferentes áreas anatómicas, conforme veremos adiante com maior detalhe. Para iniciar o exame, o médico radiologista coloca a sonda no órgão ou estrutura que pretendemos avaliar. O resultado do exame é conhecido após a validação do relatório final por parte do médico radiologista.

O relatório e imagens são disponibilizados ao médico que solicitou o exame e ao utente em formato digital e/ou papel.

Em caso de alterações, o médico relata-as, devendo estas serem relacionadas com a história clínica e demais exames realizados, pelo médico assistente. No caso do exame suscitar dúvidas, o médico poderá necessitar de realizar exames adicionais. Este exame fornece 3 tipos diferentes de informação ao médico. O duplex é também importante no planejamento da cirurgia de varizes pois complementao exame médico, localizando com exatidão as veias que estão disfuncionais e necessitam ser removidas cirurgicamente. Peça ao seu médico a lista de exames que você deve levar ao anestesista para ter um laudo favorável para a cirurgia de varizes. Remédios como antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos são indicados e recomendados pelo médico. Algumas técnicas e medidas podem evitar o aparecimento de varizes e de novas varizes, peça instruções ao seu médico para que elas demorem a voltar ou talvez não apareçam mais. Há alguns tipos de cirurgia de varizes: desde retirada das veias maiores e danificadas até aplicações nesses vasos ou as cirurgias a laser. No entanto, quando por diferentes motivos o sangue não consegue subir, e se acumula nas veias das pernas e pés, as veias ficam dilatadas e aparecem as varizes. O Cirurgião vascular é o médico especializado em Angiologia e Cirurgia Vascular que se ocupa principalmente do tratamento cirúrgico das doenças vasculares das artérias, veias e vasos linfáticos. Já o Cirurgião Vascular é o médico especializado em Cirurgia Vascular / Angiologia , e se ocupa principalmente do tratamento cirúrgico das doenças vasculares das artérias, veias e vasos linfáticos. Em primeiro lugar, é preciso escolher um médico Cirurgião Vascular, que é o profissional habilitado para tratar as varizes e outros problemas da circulação. Esse exame é um ultrassom, semelhante aquele realizado para gestantes, só que é feito nas pernas com o objetivo de ver se as suas veias estão funcionando normalmente ou não. Após esta inflamação, a veia vai cicatrizar e perder a sua luz, sendo assim não irá mais passar sangue por ela. O tratamento das varizes nas pernas é feito com cirurgia!