Para saber mais sobre Tratamento de Varizes a Laser em Diadema

Posted on

Sim é Possivel Este novo aparelho a laser vasculight apresenta uma tecnologia com eficácia clínica já comprovada.

No interior de São Paulo, um grupo de pesquisadores desenvolveu um aparelho a laser com tecnologia 100% brasileira. A cirurgia a laser seca as veias com varizes e substitui a cirurgia convencional, que é mais invasiva e atualmente é feita pelo SUS. Enquanto na cirurgia tradicional o médico retira as varizes, no laser e na radiofrequência as varizes são eliminadas com o calor, que “queima” a parede e obstrui a veia. Os médicos dizem quais são os procedimentos mais comuns para tratamento de varizes: Cirurgia - as cirurgias de varizes estão cada vez menos agressivas. De acordo com Guilherme Pitta, presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, qualquer pessoa pode ter varizes, mas elas aparecem três vezes mais em mulheres. O laser funciona tanto para vasinhos como para varizes com a vantagem de ter recuperação mais rápida. O LASER é o melhor tratamento para os vasos do rosto e pequenos o LASER faz aumentar a temperatura do sangue que acaba por eliminar Novas aplicações são continuamente desenvolvidas, como o chamado Tratamento 3D que utiliza vários equipamentos de LASER e Luz Pulsada ao mesmo tempo para maximizar resultados no rejuvenescimento .

O Laser pode ser usado para tratar quase todos os estágios de varizes, desde o tratamento de vasinhos (telangiectasias) até para a ablação da veia safena.

  • Polidocanol 0,5-2%
  • Glicerina cromada,
  • Glicose 75%,
  • Espuma,
  • Etc

A última etapa do tratamento é feita pelo Skintonic que realiza uma drenagem linfática com o auxílio de um aparelho.

1) Como funciona o laser para eliminar os vasos da pele? Ao receber o laser, a hemoglobina faz aumentar a temperatura do sangue que acaba por eliminar o vaso pelo calor. 2) Posso tratar as minhas varizes com laser? O laser é um grande avanço no tratamento das varizes, sendo indicado no tratamento das microvarizes. Ouvi dizer que o laser não elimina esse tipo de varizes. É a utilização do laser ou da luz intensa para queimar as varizes mais pequenas. É um tratamento inovador que permite tratar sem cirurgia o problema das varizes. Porque os avanços em tecnologia laser permitem agora tratar as varizes, em muitos casos, sem necessidade de usar o bisturi para abrir a pele. Já para o tratamento de perfurantes insuficientes a cirurgia endoscópica é decididamente superior, tal como a escleroterapia o é em relação ao laser transcutâneo nas varizes superficiais.

Cirurgia de varizes a laser e cirurgia da safena a laser.

  • algumas varizes internas
  • varizes nutridoras de úlceras causadas por varizes
  • algumas varizes não-salientes

A cirurgia é a forma de tratamento mais utilizada no Brasil, mas hoje em dia é possível tratar as varizes de formas mais simples.

Existem técnicas mais recentes, como o laser e a radiofrequência, que têm a mesma efetividade da cirurgia convencional, com a vantagem de oferecer uma recuperação mais rápida. “O procedimento com laser também costuma ser mais rápido, com igual eficiência da cirurgia convencional.” Expus estes valores nesse instrumento de Se quiser saber mais sobre as opções de tratamento para varizes e como a cirurgia de varizes é realizada acesse os artigos: , , “ ” e “ “. O combate às varizes ganhou uma nova aliada, a técnica ClaCs (Cryolaser e Cryo escleroterapia), que combina laser, escleroterapia e jatos de ar gelado na pele. O laser não é invasivo e ainda traz a vantagem de poder tratar as veias tanto nas pernas como na face, assim como qualquer tipo de pele. Junto do disparo do laser, um outro aparelho aciona jatos de ar gelado para minimizar a dor. Na depilação a laser, ele é eficiente tanto em pelos grossos quanto finos e também pode ser feito em qualquer tonalidade de pele, das mais claras às mais escuras. NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;) O laser Nd:YAG é o laser com maior potencial de penetração. Mas podem ser de quatro a até dez sessões, com intervalos que variam entre um mês a até seis meses, mais uma vez dependendo da finalidade do uso desse laser.

  • Aparelho digestivo, Nervoso, Circulatório (edemas, inchaços, celulite)
  • Reumatismo, Sistema cutâneo, Estimula as funções metabólicas
  • Elimina o cansaço das pernas

Existem também cuidados específicos conforme a finalidade do tratamento: - Na depilação a laser, é importante raspar os pelos ou cortá-los bem rente à pele.

Já o laser funciona bem e consegue eliminar os vasinhos em uma ou duas sessões, em média, com intervalo de 30 dias entre elas. O tratamento foi desenvolvido na Clínica Miyake, em São Paulo (SP) pelo Dr. Kasuo Miyake, e combina laser, escleroterapia, e jatos de ar gelado sobre a pele. A hemoglobina recebendo o LASER, aumenta a temperatura do sangue que acaba por eliminar o vaso pelo calor. Para o tratamento de telangiectasias (vasinhos) e veias reticulares ou microvarizes podemos utilizar o LASER  Transdérmico. O LASER  de Nd:YAG 1064 nm é também utilizado hoje em dia para o tratamento de microvarizes que há pouco tempo eram tratadas apenas através de microcirurgia. Hoje é possível tratar vasos azulados de até 3 mm de diâmetro com laser associado à aplicação de glicose, ambos com auxílio de resfriamento da pele com ar gelado. Geralmente, o LASER  é mais indicado em pessoas que tenham medo de agulha, alergia aos medicamentos esclerosantes ou que possuam veias muito pequenas, impossíveis de serem canuladas pela agulha. Outra indicação do uso de laser ocorre naqueles casos em que a escleroterapia convencional não foi capaz de eliminar os vasos alterados. Mesmo quando aplicado de forma correta, o laser pode causar complicações, assim como qualquer método de tratamento das varizes e vasinhos.

O laser é um tratamento inovador para varizes, eficaz, não invasivo e menos indolor que os métodos tradicionais.

Especialmente nos casos em que a veia safena precisa ser tratada, o laser se mostra superior à cirurgia tradicional de safenectomia (saiba mais sobre esta cirurgia no post “ “). Para o tratamento de telangiectasias (vasinhos) e veias reticulares ou microvarizes utilizamos o laser transdérmico. Nos casos em que existem varizes maiores e insuficiência da veia safena, o laser também pode ser empregado. Os estudos realizados com aparelhos de laser mais antigos mostravam que a efetividade deste tratamento era inferior à escleroterapia convencional com injeções. Nesse ponto os cirurgiões vasculares entram em consenso: SIM, o tratamento das veias safenas com laser é melhor do que a retirada convencional da veia (safenectomia). Além disso, ambas as técnicas tem a mesma efetividade: ou seja, tanto a cirurgia convencional quanto a cirurgia a laser são capazes de eliminar as varizes de forma semelhante. Em outras palavras, para quem tem insuficiência de veias safenas, o melhor tratamento existente hoje no mundo é a termoablação com laser. Além do laser, a mesma cirurgia de termoablação pode ser realizada pela técnica de radiofreqüência com a mesma qualidade e segurança. A outra extremidade da fibra é conectada a um aparelho de laser ou radiofrequência que libera uma energia responsável por queimar a veia. Com o disparo do laser, o fluxo de sangue fica lentificado e permite que a glicose permaneça mais tempo em contato com o vaso que vai secar. •Laser escleroterapia: A escleroterapia com laser está em evolução e ainda não substitui a escleroterapia química no tratamento das varizes. Com o Laser procuramos eliminar os derrames através da sua cauterização, isto é por aquecimento e coagulação dos tecidos. O número de sessões de Laser varia em cada caso, de acordo com o número de derrames que se pretende eliminar. As clientes com pele muito clara têm melhores resultados com o Laser do que as muito morenas que, regra geral marcam com mais facilidade.