Dicas: Varizes pélvicas e varizes nos membros inferiores (Parte 2)

Posted on

O tratamento desses vasos indesejáveis, denominados pelos leigos de varizes, microvarizes, varicoses ou simplesmente de “vasinhos”, consiste, grande maioria dos casos, na realização de escleroterapia.

Os pequenos vasos, que causam frequentemente grande insatisfação estética, são aqueles menores que 3 mm, classificados como telangiectasias e veias reticulares, conhecidas universalmente como “vasinhos”. As telangiectasias (vasinhos) são as pequenas veias da pele, da espessura então as varizes pequenas, da pele como as telangiectasias (vasinhos) as melhores alternativas de tratamento, Varizes são veias tortuosas e dilatadas que surgem pelo adoecimento dos vasos. Este texto abordará as varizes nas pernas (varizes dos membros inferiores), dando ênfase às causas, sintomas, prevenção e tratamento. Quando nos tornamos bípedes, nosso coração passou a ficar longe dos nossos membros inferiores, o que dificultou em muito o retorno do sangue para o mesmo. 4) Alterações da pele Além do edema, a retenção de sangue dos membros inferiores pode causar alteração de coloração da pele, deixando-a mais escura e arroxeada. As pequenas veias e capilares danificados das pernas permitem o extravasamento das hemácias (glóbulos vermelhos) que, ao sofrerem destruição, liberam seus pigmentos vermelhos que acabam por se depositar na pele. É importante que os pacientes com estas alterações percebam que suas veias dos membros inferiores começam a dar sinais de falência.

Varizes pélvicas e varizes nos membros inferiores

  • Infecção das veias;
  • Hemorragia;
  • Hematoma nas pernas;
  • Dor nas pernas;
  • Lesão dos nervos da perna.

– Cirurgia a Laser para varizes: usada também em pequenas varizes e teleangiectasias, consiste na destruição destes pequenos vasos através da aplicação de Laser.

[link para a página do tratamento] Você também pode conferir mais informações sobre causas, sintomas e tratamentos nas páginas VARIZES e VASINHOS. Segundo o cirurgião vascular, Dr. Daniel Benitti, o laser pode ser usado para tratar quase todas as varizes, desde os vasinhos muito pequenos (telangiectasias), até a veia safena. “Ele pode ser usado para tratar quase todas as varizes, desde os vasinhos muito pequenos (telangiectasias), até a veia safena. A cirurgia laser é indicada para tratar vasinhos ou varizes pequenas, e é feita com a luz de um laser aplicada diretamente sobre o vaso da variz. A diminuição da pressão dentro dos vasos das pernas reduz o volume das varizes e evita a formação de novas, resolvendo problemas com varizes muito grandes e vasinhos, por exemplo. Por baixo das veias superficiais, o corpo possui outras, que são maiores e não tão visíveis, sendo o motivo que nutre as varizes e vasinhos. Para diminuir a quantidade de vasinhos nas pernas é muito importante facilitar a passagem do sangue nas veias, impedindo que dilatem e formem varizes. Varizes são veias superficiais dilatadas e tortuosas, mais comuns nos membros inferiores. Principalmente nos membros inferiores, o “movimento” do sangue por via das veias é feito contra a força da gravidade.

Doppler colorido das veias dos membros inferiores – Mapeamento de Varizes

  • ter uma alimentação mais saudável e balanceada;
  • não ficar muito tempo de pé ou muito tempo sentada;
  • evitar estar com as pernas cruzadas;
  • caminhar regularmente;
  • fazer exercício físico.

As veias que mais causam problemas são as safenas (temos duas em cada perna), mas as varizes podem ocorrer em outras veias superficiais.

O aparecimento de uma variz, pode originar novas varizes, porque a pressão dentro da veia vai-se transmitindo às outras veias adjacentes. Existem diferentes tipos de varizes nos membros inferiores. Todas as varizes dos membros inferiores estão situadas entre a pele e o músculo (supra-aponeuróticas). Usando uma luz laser, conduzida através de uma fibra óptica, podemos esclerosar as varizes dos membros inferiores. A melhor aplicação para a espuma é o tratamento de veias de maior calibre, mas também pode ser usada na aplicação de vasinhos. Aqueles cordões varicosos, salientes e visíveis, que elevam a pele, e aquelas pequenas veias de trajeto tortuoso ou retilíneo são de tratamento cirúrgico sendo indicação exclusiva do cirurgião vascular. E Indicada também no tratamento de varizes grossas ( inclusive a veia safena), em pacientes idosos sem condição clínica para cirurgia. Alguns dos sinais da presença delas são dores, inchaços, sensação de peso na perna, além da aparência que dão aos membros inferiores. Qualquer veia do corpo pode ser acometida pela trombose, embora seja mais comum nos membros inferiores.

O Laser pode ser usado para tratar quase todos os estágios de varizes, desde o tratamento de vasinhos (telangiectasias) até para a ablação da veia safena.

  • Molhe um algodão em um pouco de extrato de hamamélis.
  • Aplique diretamente na área afetada e repita algumas vezes por dia até o desaparecimento dos vasinhos.

As veias dilatam e tornam-se visíveis, como pequenas árvores de vasos vermelhos claros, ou manchas avermelhadas.

Com isso, o sangue que irriga as pernas consegue voltar para o coração com maior facilidade, não ficando acumulado nos membros, que é a causa das varizes. Com isso, o bombeamento do sangue se torna mais difícil e o sangue tende a se acumular nas veias das pernas, provocando as varizes. Qual a diferença entre varizes e vasinhos? As varizes são veias dilatadas, e os vasinhos são vasos capilares dilatados. Após irrigar nossos membros inferiores, as veias das pernas reconduzem o sangue ao coração. Isso acontece pela redução da gravidade, evitando a sobrecarga do sistema circulatório dos membros inferiores”, diz. A diferença entre varizes e vasinhos é que as varizes são alterações nas veias e os vasinhos são alterações nos vasos sanguíneos, que são mais finos. A cirurgia a laser também é usada como tratamento das varizes e tem como objetivo a remoção da maior quantidade possível de veias varicosas. Varizes são veias dilatadas, alongadas e tortuosas com coloração arroxeada que podem aparecer em qualquer parte do corpo, mas são mais comuns nas pernas e nos pés.

Essa remoção das veias, naturalmente é feitas através de pequenas incisões (cortes), que geralmente variam de 1 a 3mm de extensão, dependendo do diâmetro da veia.

É considerado um tratamento seguro e eficaz para as varizes dos membros inferiores. As telangiectasias, nome científico dos vasinhos nas pernas, podem ser sinal de problemas mais graves em veias maiores do sistema circulatório que os médicos angiologistas chamam de varizes. Entretanto os tratamentos mais comuns para remover os vasinhos nas pernas são: aplicação de laser, escleroterapia e a esclerose com espuma, tratamento muito conhecido como secagem de vasinhos. Com a aplicação do laser o vasinho é cauteriado instantaneamente fechando o vasinhos que imediatamente são reabsorvidos pelo organismo. Leias mais algumas perguntas e respostas sobre os vasinhos das pernas Os vasinhos nas pernas podem se tornar varizes? Você pode tratar os vasinhos nas pernas e as varizes em qualquer clínica que tenha um médico Angiologista ou Cirurgião Vascular ou Endovascular. O mau funcionamento pode fazer com que o sangue bombeado pelos músculos dos membros inferiores retorne com dificuldade ao coração, apresentando refluxo nas veias, causando as varizes. “Ficar muito tempo na mesma posição, seja em pé ou sentado, prejudica a circulação do sangue nos membros inferiores”, enfatiza. TRATAR VARIZES E VASINHOS DAS PERNAS DURANTE O INVERNO É MELHOR?

Muitos pacientes costumam aguardar o inverno para tratar as varizes e vasinhos das pernas.

Esse tipo de mancha acontece porque dentro dos vasinhos submetidos à contém sangue que, em contato com o medicamento esclerosante, coagula e fica “preso” dentro do vasinho tratado. As varizes são veias em membros inferiores que se apresentam dilatadas e tortuosas, podendo levar a sintomas como dor, peso e cansaço. Sistema linfático: Os problemas linfáticos são menos frequentes e ocorrem quando os membros inferiores apresentam dificuldade de drenagem da linfa, com formação de edema, que é endurecido e constante. Cirurgia convencional / aberta O cirurgião vascular também pode realizar diversos tratamentos que fazem interface com outras especialidades como: As veias de aranha e as varizes são diferentes. Embora possam manifestar-se em qualquer parte do corpo, afectam principalmente as veias dos membros inferiores. Geralmente, o laser é mais indicado em pessoas que tenham medo de agulha, alergia aos medicamentos esclerosantes ou que possuam veias muito pequenas, impossíveis de serem canuladas pela agulha. Mesmo quando aplicado de forma correta, o laser pode causar complicações, assim como qualquer método de tratamento das varizes e vasinhos. É verdade que a exposição ao sol depois de ter realizado uma cirurgia de varizes e ter cicatrizes recentes pode deixar essas pequenas cicatrizes escurecidas? Por isso, vale a pena tratar as varizes e os vasinhos durante o frio, porque quando o próximo verão chegar suas pernas estarão prontas para serem exibidas e admiradas.

aparecem com mais freqüência nos membros inferiores: pés, pernas e coxas.

Os vasinhos nas pernas são o primeiro grau de aparecimento de varizes, e se nada for feito, elas podem agravar-se, tornando-se mais grossas e escuras. A escleroterapia é um tratamento que consiste na aplicação de um esclerosante diretamente nas pequenas veias dilatadas, os vasinhos, de modo a eliminá-las. Para confirmar o diagnóstico  de veias varicosas e para um melhor planejamento terapêutico, seu médico pode solicitar um teste de Ecodoppler Venoso de membros inferiores. Qual é a diferença entre vasinho e varizes? As varizes são veias superficiais dilatadas e tortuosas, mais frequentes nos membros inferiores. Ao contrário do que muita gente pensa, essas pequenas veias não crescem e viram varizes. Já as varizes são ocasionadas pelo mau funcionamento de válvulas dentro das veias que reconduzem o sangue dos membros inferiores ao coração (retorno venoso). As microvarizes são o início do aparecimento das varizes, elas consistem em pequenas veias que dilatam e acabam ficando salientes, ressaltadas, e geralmente apresentam coloração esverdeada. Varizes são veias dilatadas e tortuosas, mais comuns nos membros inferiores. As medidas conservadoras incluem: elevação dos membros inferiores, evitar ficar muito tempo de pé, evitar roupas apertadas e saltos inapropriados. As varizes e os vasinhos são veias das pernas incapazes de retornar o sangue para o coração por incapacidade de suas válvulas ou paredes e que acabam dilatadas. Em outras palavras, se você tem varizes, mesmo que sejam poucas e pequenas, você precisa realizar cirurgia ou outro método para tratá-las antes de iniciar o tratamento dos vasinhos. Varizes são pequenas veias vermelhas ou azuis localizadas próximas à pele das perna e tornozelos.